11 abril 2018

Atividades Dia dos Índios - Grafismos Indígenas


Sabemos que quando os Portugueses chegaram nas terras Brasileiras havia uma grande quantidade e diversidade de povos nativos. O processo histórico da invasão deste território, a colonização e as ações políticas e econômicas do governo brasileiro reduziu drasticamente o número desses povos. Apesar dessa redução, ainda resistem diversos grupos indígenas lutando para manter viva sua cultura, seus hábitos e sua identidade.

Os povos nativos se diferenciam entre si em diversos aspectos: linguagem, ritos e cerimônias, confecção de objetos, construção de moradias... Outra diferença significativa que, inclusive, define sua identidade, são as pinturas corporais. As pinturas corporais indígenas podem representar o grupo étnico ao qual pertencem, podem simbolizar a cerimônia que estão participando ou uma faixa etária e, ainda, comunicar uma intencionalidade: desejo de boa caça, proteção espiritual... 
Algumas vezes pintam seus corpos com estampas de peles de animais. Sobretudo, na arte gráfica dos indígenas, predomina os padrões geométricos. Linhas retas, curvas, zigue-zagues, espirais, triângulos, círculos, quadrados...

Podemos aprender sobre sua arte, reproduzindo-as. Seus grafismos, além de esteticamente bonitos, são uma boa oportunidade para um treino contextualizado da motricidade. A reprodução de padrões geométricos também abarcam conteúdos e habilidades matemáticas e artísticas como raciocínio lógico e formas geométricas.

As atividades abaixo ajudam a perceber apenas uma pequena parte da arte indígena. 
Disponibilize vídeos mostrem como os indígenas produzem suas tintas e fazem as pinturas, imprima fotografias com diversas pinturas corporais feitas pelos índios e deixem que manipulem... Esse contato "mais próximo" com as imagens reais, motivam e despertam o interesse do aluno.

Que seja uma rica aula!










Nenhum comentário :

Postar um comentário

Desde já agradeço seu carinho em deixar uma mensagem! Bjks